Início Cultura Museu da Cidade de Manaus é destaque em evento de turismo

Museu da Cidade de Manaus é destaque em evento de turismo

6
0
O Museu da Cidade de Manaus é o primeiro a reunir a identidade do povo manauara (Foto: Divulgação)

O recém-inaugurado Museu da Cidade de Manaus ganhou destaque no 5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, realizado na capital do Amazonas. Nesta quinta (22), a arquiteta Ana Lúcia Abrahim, que trabalha na Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), apresentou o projeto do museu, o primeiro dedicado à identidade do povo manauara.

O Museu da Cidade de Manaus foi mostrado na mesa “O turismo e o Patrimônio Cultural e Natural”, ao lado de casos de sucesso como o Festival de Parintins, no Amazonas, e Alter do Chão, em Santarém, no Pará. “O museu é um espaço tecnológico que conta a história da população de Manaus. Importante destacar o local que abriga este museu, o Paço da Liberdade, que foi erguido para ser sede do governo e é um dos últimos prédios no estilo neoclássico construídos no Brasil. A Prefeitura de Manaus realizou o trabalho de revitalização e há pouco mais de um mês implantou o projeto”, destacou Ana Lúcia.

As exposições do Museu da Cidade usam tecnologia e interatividade para remeter aos traços de uma Manaus rica culturalmente. Isso resulta em uma mistura de etnias, cores e culturas que ajudaram a transformar a capital amazonense em uma grande metrópole.

Sobre o encontro

O Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial acontece pela primeira vez na Região Norte. Com o tema “Turismo sustentável em desenvolvimento e o Patrimônio Natural”, o evento reúne governadores da região, ministros, prefeitos, presidentes de entidades municipais, parlamentares e especialistas ligados ao Turismo e ao Patrimônio Mundial. As palestras são abertas ao público e acontecem até sábado (24), no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, na Zona Centro-Sul de Manaus.

A iniciativa tem por objetivo valorizar e fortalecer o potencial dessas cidades, além de dar continuidade às ações para a construção do Plano Nacional de Gestão do Patrimônio Mundial e o desenvolvimento das cidades históricas turísticas. O evento também serve para ampliar discussões e trocar experiências sobre a gestão do turismo.

Veja outras matérias de Cultura do Portal Beiju

Deixe uma resposta